Com a necessidade de agilizar a pulverização contra o mal de Sigatoka (fungos nas folhas) nas lavouras de banana, antes feita manualmente com demanda de muito tempo, na época de 1956 a empresa Sociedade Agrícola Mambú Ltda. donos de extensas áreas de bananas na região de Itanhaém-SP, através de um de seus diretores foi à República do Equador buscar subsídios na técnica de pulverização neste tipo de lavoura, onde era mais desenvolvida e mais se evoluía.

Com os dados colhidos no Equador colocou-se em prática em seus bananais aqui no Brasil, essa técnica de pulverização adquirindo-se uma aeronave biplana Stearman prefixo PT-ABY, adaptando à mesma os equipamentos indispensáveis como tambor de 200 litros no assento traseiro, bomba centrífuga eólica e dois pulverizadores (por nós fabricados) nas extremidades das asas, conseguindo aperfeiçoamento e ajuste para ótimos resultados no tratamento do mal de Sigatoka.

Devido a rapidez e eficiência das pulverizações, a aeronave ficou com tempo ocioso, motivo pelo qual fomos procurados pelos nossos vizinhos lavoureiros para efetuar pulverizações em suas plantações, surgindo assim a Aéro Agrícola Caiçara Ltda. que anos após importou aeronaves específicas para pulverizações aéreas, atendendo a demanda dos serviços solicitados.

 

Voltar